Dores na bexiga têm razões explicadas

07/12/2011

A síndrome da bexiga dolorosa, também chamada de cistite intersticial, é uma doença pouco conhecida e de difícil diagnóstico. A dor é caracterizada por pontadas agudas na região baixa do abdome, necessidade intermitente de urinar e alívio quando a bexiga está vazia, porém esses sintomas são frequentes em outras doenças também, por isso, às vezes, os pacientes demoram muito tempo para identificá-la, procuram em média cinco médicos antes de receber o diagnóstico exato, conforme diz Paulo Palma, diretor da Escola Superior de Urologia da Sociedade Brasileira de Urologia. Essa demora é consequência da falta de um teste específico que aponte a síndrome certamente, ou seja, a análise é por eliminação.

A cistite intersticial é uma degeneração no revestimento protetor da bexiga, ou seja, o muco que existe entre a urina e o tecido da bexiga apresenta falha, fazendo com que substâncias nocivas cheguem a terminações dolorosas na região.

O tratamento é simples, porém depende dos hábitos de alimentação de cada paciente. A ingestão de cafeína, álcool e alimentos ácidos devem sem eliminados da dieta, pois irritam a bexiga, praticar exercícios e controlar o estresse são altamente recomendados. A dor ainda pode ser controlada através de analgésicos ou de hialuronato de sódio, aplicado pela uretra diretamente na bexiga.

 

O IbacBrasil oferece cursos online de enfermagem para o seu aprimoramento profissional, venha estudar com a gente!

 

Fonte: Gazeta do Povo